sexta-feira, 22 de julho de 2016

{Reviews} Rogério - Supercombo

Raim! Como estão?

Quanto tempo que não escrevo aqui, não é mesmo? Mas eu voltei e espero não parar mais, porque eu amo este lugar! Mas vamos ao que interessa: A banda Supercombo lançou um novo álbum essa sexta-feira! Você já ouviu? Não? Então vem aqui, que eu vou falar o que achei dele, enquanto você ouve o álbum maravilhoso e fresquinho!

P.S.: Lembrando que eu não entendo muito do lado técnico das músicas. Eu apenas aprecio e comento o que achei.






Depois do sucesso do Amianto e da sua participação no Super Star, em 2015, a banda lançou, finalmente, o seu quarto álbum, Rogério, que é tão bom quanto Amianto, ou mais.

Como os últimos dois álbuns, Rogério consiste em 12 faixas, com uma batida indie rock maravilhosa, alternando entre um som mais pesado e mais leve, como no Amianto. Só que dessa vez, o álbum veio recheado de participações especiais, como por exemplo a maravilhosa Negra Li, na faixa "Lentes" e  Mauro Henrique, que tem uma voz encantadora que eu me apaixonei na primeira vez que ouvi "Monstros".

Em suas músicas há um pouco da realidade humana, pensamentos e sentimentos que temos normalmente, mas não somos habituados a externá-los - cheguei a rir algumas vezes, porque eu achava que só eu pensava, mas estava lá, na letra da música - como por exemplo na faixa Jovem: "Eu fico esperando aquele ano em que eu sei que vou bombar, que vou ganhar muito dinheiro, enquanto isso eu fico em stand-by com aquele pé atrás" e acabam tornando algumas coisas que eram para ser tabu, em algo mais normal e cotidiano (pelo menos no momento da música).

Esse álbum é realmente forte e eu não sei mais dizer qual é o meu favorito. "Rogério" me surpreendeu em vários aspectos, principalmente falando das participações especiais que deu um diferencial enorme para esse disco. E músicas como "Rogério", "Monstros", "Grão de Areia" e "A Piscina e o Karma", fazem esse álbum valer mais a pena ainda, trazendo um senso crítico sobre a vida e ideologias, que já amo essas coisas.

Esse álbum vale a pena ser ouvido do início ao fim e depois botar aquele replay, só para tirar a saudade que já instaura no fim da última música.

Minhas músicas favoritas até o momento: A Piscina e o Karma, Grão de Areia, Monstros, Morar, Rogério e Lentes.


Só isso que tenho para falar e não se esqueça de se inscrever no blog, aqui do lado, para ficar ligado quando uma nova postagem sair e se quiser, ali em cima tem todas as minhas redes sociais, caso queira me acompanhar! Até a próxima publicação! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vem me deixar feliz e interaja comigo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...